top of page

Por que o sal de cozinha contém Iodo?

Você já deve ter visto escrito “Sal Iodado” nas embalagens sal nos supermercados, mas você sabe o que isso realmente significa?


O Iodo é um mineral extremamente importante para a nossa saúde e está diretamente ligado à produção de alguns hormônios da tireoide. A falta dele pode afetar a formação dos bebês, pode prejudicar o crescimento da criança e causar até mesmo atraso mental e dificuldade de aprendizado.

A longo prazo, a falta de Iodo pode causar aumento na tireoide, conhecido também como Bócio.


De modo geral, o Iodo pode ser encontrado naturalmente em peixes e frutos do mar, contudo, em razão do baixo consumo desses alimentos em algumas regiões do país, a adição do Iodo nos sais de cozinha se tornou obrigatória a partir da década de 50.


Ao comprar o sal é importante verificar a data de validade, assim como em todos os outros alimentos, porém após aberto, o sal deve ser conservado numa embalagem com tampa, longe de lugares quentes, úmidos nem pode ser guardado na geladeira pois além de prejudicar a qualidade do Iodo perde seu efeito.


E o quê o Sal Iodado tem a ver com

a Medicina Nuclear?


Tanto nos exames de Cintilografia da Tireoide quanto nos tratamentos de Iodoterapia, é utilizado um tipo especial de Iodo que possui o comportamento ativo dentro do organismo similar ao Iodo que encontramos nos sais de cozinha, por isso, os pacientes que serão submetidos ao exame de cintilografia de tireoide ou ao tratamento das doenças da tireoide com Iodoterapia precisarão cortar da sua dieta todo tipo de alimento que contenha Iodo para

que isso não prejudique os resultados das imagens

dos exames de cintilografia, bem como a efetividade da Iodoterapia.

839 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page